Plugins de “bastidores”

Os plugins para WordPress aumentam muito as possibilidades de uso do sistema. Hoje, é possível fazer qualquer coisa com ele, a maioria através do uso inteligente dos plugins corretos. Embora boa parte deles tenham implicações visuais, ou seja, afetam a navegação dos visitantes do blog, existem outros que são restritos a quem escreve no blog. Isso não significa que estes sejam menos importantes; pelo contrário, há determinados plugins de “bastidores” vitais para o funcionamento do blog.

O Daniel Santos, que recentemente voltou a utilizar WordPress no lugar do Drupal, fez uma ótima lista mostrando cinco destes plugins. Aproveitando a idéia, acessei a área administrativa dos blogs que administro, e fiz uma nova lista, complementando a dele. Vamos a ela?

» Advanced-Admin-Menus: usando AJAX, facilita o acesso às sub-áreas do menu do painel administrativo. Agiliza muito o trabalho, e na minha modesta opinião, já deveria ter sido implenentado na instalação padrão do WP há muito tempo…

» Cimy Swift SMTP: este plugin faz com que os e-mails de notificações do WordPress sejam enviados via protocolo SMTP, ao invés da função php_mail(). A aplicação dele é bem restrita: é a salvação em servidores que vedam ou alteram a referida função do PHP. A HostNet é um exemplo; lá, eles disponibilizam uma tal de ultramail(), incompatível com o WP.

» FeedBurner FeedSmith: faz o redirecionamento do endereço padrão do feed do WordPress para o gerado pelo FeedBurner.

» Google XML Sitemap: gera automaticamente um sitemap do seu blog, essencial para ficar bem posicionado em sites de busca.

» WP-Cache: absolutamente essencial para qualquer blog movido pelo WordPress que tenha mais de 1000 visitas diárias. Ele cria um cache do blog, aliviando muito a demanda de processamento.

Cinco plugins, também. Você conhece algum que ficou fora das listas minha e do Daniel? Então complemente-a nos comentários!