WordPress 2.6

Com um mês de antecedência, há pouco foi lançado o WordPress 2.6, codinome Tyner, uma homenagem ao pianista (de jazz, obviamente) McCoy Tyner. Esta versão, ao contrário da penúltima, não traz grandes evoluções; o foco é em novos recursos que enriquecem o blog.

A grande novidade é o histórico de atualizações nos posts, semelhante ao existente em wikis. O recurso é extremamente simples, mas muito poderoso: todos os salvamentos ficam salvos, podendo ser comparados e restaurados a qualquer momento. Com isso, posts colaborativos ficam mais fáceis de serem feitos.

O Press This! é outra novidade interessante, especialmente para quem usa o WordPress para gerir um thumblelog. Trata-se de um link que, arrastado para os favoritos, interage com a página em exibição. Assim, se você clicar no Press This! enquanto está assistindo a um vídeo no YouTube, a página de edição de posts surgirá, já com o código embarcado do vídeo inserido; se fizer isso no Flickr, a página de edição aparecerá com a imagem copiada; e assim sucessivamente. Há quatro divisões bem definidas: texto, imagem, citação e vídeo, o que mostra, claramente, a inclinação da novidade para os thumblelogs.

As imagens também receberam um pequeno, porém útil incremento. Agora, o texto alternativo (o alt=””) aparece no corpo do blog, como se fosse a legenda da imagem. Muita gente sentia falta de uma maneira simples de fazer isso, eu incluído.

Calma que tem mais!

Agora há um theme preview embutido, dispensando o uso de plugins extras para que só o dono do blog visualize temas antes de aplicá-lo em definitivo no blog. A utilidade disso é fazer pequenos ajustes antes do lançamento de um novo visual, algo que, especialmente quando se trata de um tema próprio, feito do zero, é sempre necessário.

O suporte ao Gears, da Google, foi implementado. Ele traz para o PC local arquivos, imagens e scripts mais usados no painel administrativo do WordPress, acelerando o acesso a ele. Tal recurso, que não deve ser instalado em computadores públicos, está acessível através do link Turbo (nome sugestivo, aliás), no canto superior direito.

Há outras pequenas mudanças, como um contador de palavras built in; possibilidade de alterar a ordem das imagens das galerias através do arrastar-e-soltar; separação dos plugins ativados dos desativados, e (des)ativação em massa; mais opções de gravatar padrão; uso da tecla Shift para selecionar múltiplos posts na área de gerenciamento, com apenas dois cliques (igual no Explorer do Windows); novas versões das rotinas e bibliotecas usadas no painel administrativo, como a jQuery; e correções de muitos bugs, 194 deles, para ser mais exato.

O vídeo abaixo, criado pela Automattic, mostra todas as novas funções do WordPress 2.6. Confira:

Como se vê, a atualização vale a pena, ainda mais levando-se em conta que, por (aparentemente) não haver mudanças significativas na estrutura do banco de dados, a maioria dos plugins e temas compatíveis com a versão 2.5 deve continuar funcionando perfeitamente na 2.6.

Baixe o WordPress 2.6 aqui.

30 ideias sobre “WordPress 2.6

  1. Pingback: Rodrigo P. Ghedin

  2. Pingback: Compulsive » Bleh

  3. Rodrigo, não sei contigo mas alguma das coisas que você citou como novidade da versão 2.6 já aconteciam comigo só que meio camufladas, como se o WP 2.5.1 já tivesse as funções porém não disponiveis para o usuário mas por algum erro algumas vezes acontecei.

    Exemplos:

    Com relação ao histórico de atualizações do post

    Eu sempre reclamei que o WP em alguns blogs meus estava salvando várias vezes a mesma página, sempre que eu faço uma alteração e publico a nova página é salva duas vezes, uma versão publicada e outra com as alterações porém não publicada.

    Com relação ao incremento no alt

    Eu não sei explicar como se faz mas em alguns posts que utilizei a tag gallery apareceram a descrição da imagem abaixo da imagem.

    Tem dois problemas que ocorrem nos meus blogs e espero que seja corrigido nesta versão, seguinte:

    Tenho uns 2 blogs onde criei 1 campo personalizado para definir um subtitulo para o post e outro campo personalizado onde coloco a imagem que desejo que apareça quando o post é mostrado na home do blog ou na lista de ultimos post.

    Sempre que publico um novo post preciso adicionar esses dois campos personalizados mas quando clico em publicar o WP automaticamente ignora a dição de um desses campos personalizados. Então preciso editar o post e incluir novamente o campo que foi ignorado, desta forma quando salvo o texto o WP aceita os dois campos personalizados no post.

    O outro problema é justamente com relação ao uso da tag gallery, eu escrevo o post, subo as imagens através da ferramenta do WP e salvo, em seguida vou na galeria e as imagens que carreguei estão lá, então clico em inserir galeria no post e fecho o gerenciador de imagens. Quando publico o post é como se eu não tivesse adicionado nenhuma imagem, ai vou em editar post e verifico a galeria de imagens que aparece sem nenhuma imagem vinculada ao post, vou em biblioteca de mídia e as imagens estão lá porém não vinculadas a nenhum post… ai tenho que subir novamente as imagens e salvar. Dessa forma quando salvo o post da certo.

  4. Olá; com relação ao comentário anterior, concordo também que algumas implementações já estavam meio camufladas no wp2.5.1, mas as dúvidas acima podem ser facilmente resolvidas.Os campos meta que foram citados, poderiam ser facilmente imbutidos na tela criar/editar post/página, através do plugin more_fields, que dá bastante flexibilidade, e é mais pártico e claro que os campos personalizados (mas na verdade, são a mesma coisa, meta); já com relação à galeria, existem trocentos plugins superpráticos relacionados a essa função, eu mesmo já testei alguns que são mais personalizados; estou ainda montando um site com a plataforma wordpress em host próprio, que não está disponível para acesso público (só Deus sabe quando vai estar rsrsrs…), e testando tudo que é coisa lá dentro em matéria de plugin; mais uma dúvida: pq os plugins que envolvem recursos ajax dão tanta incompatibilidade com outros? Toda vez que configuro algum, dá pau em outros, e tenho que apagar…

  5. Pingback: Wordpress 2.6 Versao Final lançado « Blog AglioEoliO

  6. Pingback: baccioly

  7. Pessoal

    É impressão minha ou a tradução do WP 2.6 ficou pela metade? Eu atualizei meu Blog para a versão 2.6 PT_BR e na área de administração do site vários itens estão em inglês.

    Sds.

    Mau

  8. Pingback: WinAjuda » 1000 tópicos no fórum, e WordPress 2.6

  9. Fiz a atualização pois é muito chato toda hora ver aquela mensagem no painel de administração, acho que deveriam avisar uma vez e com uma opção para dar OK e pronto.

    Baixei aqui a tradução para português do WP 2.5 ainda mas no 2.51 estava OK, agora nesse 2.6 aparecem muitas palavras sem tradução, ta uma bagunça.

    Vi que já saiu o pt-br para baixar completo, mas gostaria de ter somente a tradução pt_BR.mo para colocar no wp-includes/languages, alguém sabe onde encontrar? Vamos falar a verdade, aquele wordpress-br.com é muito mal administrado. Os posts são mínimos com 5 linhas e não traz detalhes de nada. Preguiça… deveriam seguir o exemplo do pBlog.

    Obrigado a quem puder ajudar!

  10. Pingback: Carlos Ò.Ó

  11. Atualizei meu blog com o plugin WordPress Automatic Upgrade. Acho que deu tudo certo. Estou testando as novas funcionalidades, mas não entendi direito como usar o Press This!

    Parabéns pelo blog.

  12. Pingback: Wordpress 2.6 - Atualização do IV | Informação Virtual

  13. Ovos de páscoa no WordPress!
    Estava testando as novidades da versão 2.6, quando, sem saber, tentei comparar versões dos posts, mas escolhi comparar a mesma versão de um post. Selecionei as dois combosboxes da mesma versão de um post e cliquei para comparar. Testem! A primeira vez é assustador (tipo, o que está acontecendo?!) Mas depois é bastanbte divertido! (Self-comparison detected….)

  14. Fala Ghedin,
    Excelente artigo, gostei de ver as novidades do WP 2.6.
    Estou com o Rodrigo, também não entendi o Press This. Mas adorei o treco de caption nas fotos, demais, eu gosto muito de legendas em fotos, vai facilitar demais demais.

    A galera do WordPress está fazendo um excelente trabalho. Sugiro ao pBlog fazer um mutirão para arrecadar dinheiro para doar ao WordPress. Eu to dentro =D

  15. Claudio, comentário 6
    Tive o mesmo problema, o meu blog tinha a mesma estrutura de link. Me obriguei a retirar o index.php, uma dica que lhe dou é utilizar o plug ” PermalinksMigration” que força sites de buscas e links já postados com o estrutura antiga ser redirecionado de forma correta. Para uso é simples, download, upload, e na configuração basta colocar sua estrutura antiga e ele passa a redirecionar para a novo. Abraços

  16. Pingback: O Wordpress 2.6 e alguns problemas técnicos | Rodrigo Flausino

  17. Interessante essa atualização mais na hora de salvar e deixar em revisão fica com o nome do autor do post … mesmo estando logado com outro user… ou seja
    não aparece digamos o nome do responsável pela revisão :-| isso é ruim…

  18. Simplismente impressionante oque essa comunidade do wordpress consegue fazer. a cada dia fico mais entusiasmado com as novidades dessa plataforma. Só uma dúvida: a versão 2.6 já é completinha? ou ainda está em testes?

    Abraço

  19. Pingback: Fatos & Imagens» Arquivo do Blog » WordPress 2.6 | pBlog

  20. Pingback: Trabalhando as legendas nas imagens do WordPress 2.6 | pBlog

  21. Pingback: Como utilizar o Google Gears no Wordpress 2.6 | Blog do Gustavo

  22. Pingback: Como utilizar o Google Gears no Wordpress | GF Soluções

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>